Grankapo + A Thousand Words + Another Day Will Come no Roterdão (20/09/2012)

Grankapo + A Thousand Words + Another Day Will Come no Roterdão (20/09/2012)

Texto por Cláudia Filipe / Fotos por João Cavaco

O termómetro disparou na passada quinta feira na cave do Roterdão. A casa, muito bem composta, foi pela primeira vez palco de concertos de hardcore, numa noite que, segundo anunciava o frontman de Grankapo, será para repetir muitas mais vezes neste cenário.

A Hell Xis avisou: tolerância zero com atrasos, custasse a quem custasse. Pouco passava da hora marcada quando Another Day Will Come, banda nacional a quem coube a honra de abrir as hostes do Resurrection este ano, subiam ao palco. Já com uma respeitável audiência à sua espera e com o EP “With Sights Set On” (2012) em maior destaque, tocaram temas como “Without Horizon” ou “Reversed Perfection“, prontamente acompanhados pela fiel família de seguidores da banda de Paio Pires. O metalcore musculado do colectivo foi o primeiro de três bons concertos e mais uma prova para justificar todo o burburinho positivo em torno da banda. Com a faixa “Another Day Will Come” encerram da melhor maneira a passagem pelo palco do Roterdão.

Noite que se adivinhava em grande também para os A Thousand Words, actualmente em mini tour numa missão de apresentação do EP “Sinners“, agora em formato 7’’ editado pela Ruins Records. Se não entraram com o pé direito devido aos problemas sonoros (quem sofreu foi a belíssima “Crosses” que acabou por ter de ser ouvida sem voz…), rapidamente souberam dar a volta ao texto e fazer esquecer o incidente, com um concerto intenso tal qual já nos habituaram. Apesar de se terem apresentado apenas com um guitarrista, o piso aqueceu na mesma ao som de “Cursed” ou “Sinners” que puseram a sala a mexer. No final do concerto, já a temperatura da cave (que de repente parecia pequena para todos os que acorreram ao Cais do Sodré) atingia temperaturas perigosas…

Para fechar a noite com chave de ouro, uma das estrelas da companhia HellXis. Os Grankapo são da velha guarda, já andam nisto há muitos anos e dispensam apresentações. Para os mais distraídos, basta relembrar que a banda é composta por ex-membros dos saudosos Omited GR ou More Than Hate. Para esta actuação, não só trouxeram “The Truth“, álbum também distribuído gratuitamente ao público, como fizeram questão de passar revista por toda a sua carreira. Foi ao som de temas como “My Son“, “Grankapo” ou “We’ll Never Die” que se fez a festa, sempre pautada por um hardcore mais old school, uma das principais características desta banda que dificilmente desaponta.

Quem vai a concertos de hardcore sabe que em mais lado nenhum se consegue encontrar tanta amizade e companheirismo. E se por vezes os valores tendem a ser esquecidos, esta noite foi a prova de que estão vivos e para um público que se revela cada vez maior e mais diversificado.

Arte-Factos

Webzine portuguesa de divulgação cultural. Notícias, música, cinema, reportagens e críticas. O melhor da cultura num só lugar.

Facebook Twitter LinkedIn Google+ YouTube