Músicas da Semana #116

Escolhas de Hugo Rodrigues:

Violent Soho

Violent Soho – Covered In Chrome
Uma descoberta bastante recente mas que me conquistou à primeira audição. É para continuar a explorar.

The Sound of Animals Fighting – Act I: Chasing Suns
Parece que o Verão está de volta, podemos todos sair e perseguir o sol à vontade, ou deixá-lo perseguir-nos, o que preferirem.

Deftones – Digital Bath
Nestas últimas semanas tenho andado às voltas com o White Pony dos Deftones, e esta semana foi a Digital Bath que mais rodou por cá.

La Dispute – Nine
Esta música faz parte do último EP de uma trilogia que a banda editou, intitulada Here, Hear e é talvez uma das suas músicas mais tranquilas, onde a capacidade de escrita e o spoken-word de Jordan Dreyer sobressaem ainda mais que o habitual.

Azevedo Silva – Idiotas
O primeiro single do novo disco de Azevedo Silva foi conhecido esta semana e tem andado em repeat desde então. Boas perspectivas para o que aí vem!

Escolhas de Cláudia Andrade:

Process Of Guilt

Process of Guilt – Harvest
Por muitos anos que passem, e já lá vão 7 desde aquele mítico concerto de Process of Guilt a abrir para Katatonia no Paradise Garage, que me deixou pela primeira vez completamente surpreendida pelo poder e força que uma banda nacional pode ter, mesmo passado estes anos todos continuo a ser surpreendida em todos os espectáculos destes senhores. Ontem foi mais uma noite de encher o coração. Escolho a Harvest porque me é muito especial, mas poderia ter escolhido qualquer uma.

Defheaven – Bedrooms
Para ouvir em loop naquelas noites em que não apetece sair do quarto.

Marissa Nadler – Anyone Else
Ouço Marissa Nadler todas as semanas, embora nem sempre a inclua aqui para não se tornar mais chato que aquilo que já é. Cada vez que ouço fico agarrada a tudo o que ali foi criado, procuro todos os pormenores que ainda não vi nem senti, este álbum tornou se um estudo para mim.

Ólafur Arnalds – For Now I am Winter
Quando boas surpresas nos chegam pelo correio e nos fazem sorrir.

Coilguns – Drainers
Já aqui falei no split de Abraham/Coilguns e volto a falar. Chegou finalmente cá a casa o LP, o CD e mais uns mimos comprados através do crowdfunding e posso dizer que não podia estar mais feliz com o design e o artwork destas belezuras. Vão ouvir e comprem!

Escolhas de Cláudia Filipe:

©Dusdin Condren

©Dusdin Condren

Sharon Van Etten – Tarifa
Já vos disse que este é um dos discos do ano, não já? Pronto, repito. Não é segredo que a Sharon Van Etten é, já há muito tempo, uma das minhas preferidas. Saudades daquela noite no Lux e de um dos melhores concertos de sempre.

Low – I Started A Joke
Os Low devem ter o conjunto de versões mais bonitas de sempre, e esta é uma delas. Tema que ganhou força pela voz dos irmãos Gibb, mas extremamente emotivo na versão dos Low.

Jessie Ware – Say You Love Me
Guilty pleasure, ou a música que menos novidade tem, dentro de um álbum pop bem produzido. Mas uma das que me prendeu mais atenção.

FKA Twigs – Hours
Álbuns para ouvir vezes sem fim.

Tim Hecker – Virginal I
Finalmente. Sábado no Musicbox há Tim Hecker, com o bónus de Moonface a abrir.

Arte-Factos

Webzine portuguesa de divulgação cultural. Notícias, música, cinema, reportagens e críticas. O melhor da cultura num só lugar.

Facebook Twitter LinkedIn Google+ YouTube