Mapas para as Estrelas (Maps to the Stars)

Mapas para as Estrelas (Maps to the Stars)

Mapas Para as Estrelas

Fiel a uma certa tradição sádica, é bem transcendene e bizarro o mapa de Hollywood traçado por David Cronenberg. Até porque não são bem, bem as grandes estrelas que aqui temos retratadas. São as estrelas em decadência ou em pseudo-ascensão e uma ou outra figura de bastidores.

As personagens principais são uma actriz em queda e à procura de voltar à ribalta (Havana, interpretada por Julianne Moore) e uma estrela adolescente em pleno processo de reabilitação de droga (Benjie, interpretado por Evan Bird). Pelo meio, temos os pais e a irmã (Mia Wasikowska) de Benjie como figuras behind the scenes e um motorista de limousines, desempenhado por Robert Pattinson. E, com um passado tragico ou não (o fogo e a água como elementos dominantes), há fantasmas que perseguem estas figuras.

maps-to-the-stars-julianne-moore

Maps to the Stars é um filme com uma mensagem dura e cruel. Só que fá-lo com um esporádico sentido de humor. Daquele humor negro à irmãos Cohen, numa lógica oportunista (elogio) em torno dos losers de Hollywood. Logo, estão cá aqueles diálogos non-sense e com uma certa violência subtil.  E, a partir de uma dada altura, a tragédia torna-se, com subtileza (os excessos do passado já lá vão), numa irreversível espiral. Aí, ficamos com a sensação que dificilmente o glamour hollywoodesco poderia ser mais reduzido ao zero.

David Cronenberg continua a filmar com arrojo. Reflexo de uma certa liberdade que, de forma obscura, é também preconizada no final do filme. E, depois do mais convencional Um Método Perigoso e do entediante Cosmopolis, marca o regresso do realizador canadiano ao cinema acima da média. Sem a força narrativa da belíssima dupla anterior (Uma História de Violência e Promessas Perigosas), mas com um tema e uma abordagem singulares e criativas.

e7

Texto por João Torgal

Arte-Factos

Webzine portuguesa de divulgação cultural. Notícias, música, cinema, reportagens e críticas. O melhor da cultura num só lugar.

Facebook Twitter LinkedIn Google+ YouTube