Enquanto Somos Jovens (While we're young)

Enquanto Somos Jovens (While we’re young)

Enquanto Somos Jovens

Ben Stiller (Josh) e Naomi Watts (Cornelia) são um casal na casa dos 40. Os amigos à sua volta começam a mudar de vida e a ter filhos – de entre os quais se destaca o Beastie Boy Adam Horovitz -, mas ambos preferem manter o estilo de vida. Certo dia conhecem Adam Driver (Jamie) e Amanda Seyfried, um típico casal de millennials. E assim começa o bromance entre Josh e Jamie: complementam-se por aquilo que um já passou e o outro almeja, trabalham juntos e trazem novidades à vida de ambos.

While-Were-Young

Encantei-me com o realizador Noah Baumbach com os seus magníficos Greenberg (2010) e Frances Ha (2012), pelo que criei alguma expectativa para este filme. Porém, rapidamente me vi obrigada a enfrentar a realidade: o elenco, especialmente quando se reúnem à mesa, parece saído de uma comédia romântica pop; há planos, diálogos e tentativas de leve humor que parecem, demasiadas vezes, uma versão má de Woody Allen; o cliché está presente em todas as cenas, especialmente no gap geracional entre Josh e Jamie; e o bromance é tão forçado, que até o I Love You, Man, com Paul Rudd e Jason Segel, ganha aos pontos.

Aliás, o permanente cliché é o grande problema deste While We’re Young. Josh tem 44 anos e vive para a tecnologia e em busca do sucesso, Jamie tem vinte e poucos e é o seu contraste, completamente hipster no amor ao VHS, ao vinil e à bicicleta que pedala pelas ruas de New York. Jamie vive na superioridade moral da toda uma geração que se acha especial, que julga compensar em conhecimento o que falta em vivência e que usa fluentemente a ironia e o sarcasmo. Mas, afinal, Jamie desconhece o conceito de ética.

While-Were-Young2

While We’re Young consegue, porém, abordar muito bem o envelhecimento e é isso que o salva de ser uma catástrofe. Com o passar do tempo, as nossas vidas alteram-se e, por vezes, torna-se difícil aceitar tais mudanças, sejam pelos rumos que seguimos, sejam pelas dores provocadas pela artitre. Josh e Cornelia poderiam ser qualquer um de nós quando a meia idade lá chegar.

Sem dúvida, uma nova abordagem ao estilo da comédia romântica, um filme próprio para aqueles dias de Outono em casa que hão-de vir.

5,5estrelas

Isabel Leirós