10 Concertos para ver no NOS Alive

10 Concertos para ver no NOS Alive

NOS Alive'15 1º dia

Falta um mês para o NOS Alive e estamos perante um dos cartazes mais robustos que o festival já apresentou. Já tens bilhete? Os passes estão esgotados, assim como as entradas diárias para dia 8. No entanto, se não conseguiste comprar a tempo, ainda podes dar um salto ao Passeio Marítimo de Algés dias 7 ou 9. Mas não adies a compra: a organização já anunciou que são os últimos bilhetes. Para já, deixamos-te com os 10 concertos que não vamos querer perder:

#10 M83

O mais recente trabalho do projecto francês não tem reunido consenso. As opiniões dividem-se sobre Junk, no entanto a marca que M83 já deixou no panorama da música electrónica merece o benefício da dúvida. E se há alguém que vai ser capaz de contagiar o palco NOS antes de Arcade Fire, esse alguém é a banda de Anthony Gonzalez.

#9 Robert Plant and the Sensational Spaceshifters

Claro que a voz de Robert Plant já não é o que era, mas tomara a todos chegarmos aos quase 70 anos assim. Não é todos os dias que se pode ver uma lenda e ouvir uma voz icónica a poucos metros de nós e vai valer ainda mais a pena quando no Passeio Marítimo de Algés se ouvir Whole Lotta Love.

#8 José González

Porque José González tem muito mais para mostrar do que a lindíssima versão da Heartbeats (original de The Knife), o cantautor sueco é a banda sonora ideal para um final de tarde. Com três álbuns originais já editados (além do trabalho desenvolvido com a sua banda Junip), este promete ser um momento intimista.

#7 2ManyDJs

Porque no NOS Alive também se parte pista, os irreverentes 2ManyDJs vão com toda a certeza ser os protagonistas de um dos momentos mais explosivos do festival. Os irreverentes DJs vão animar a noite de dia 7 e ao longo do set não irão faltar alguns dos mashups que os tornaram famosos.

#6 Tame Impala

Goste-se ou não, os Tame Impala vieram para ficar. A banda que goza de uma enorme popularidade em Portugal terá um fiel público à sua espera, pronta a receber de braços abertos hits como Elephant ou Feels Like We Only Go Backwards.

#5 Biffy Clyro

Para quem se queixa da falta de rock nos festivais, tem no poder das guitarras dos Biffy Clyro a redenção. Sobem ao palco dia 7, um dia antes do lançamento oficial do seu mais recente trabalho, Ellipsis.

#4 Calexico

Provavelmente será um dos nomes que passará ao lado de grande parte do público do NOS Alive, mas será um dos grandes concertos do festival. Para outra parte, é um regresso muito desejado. O som único dos Calexico, que se caracteriza pela fusão do indie com elementos da música latina, promete surpreender todos os que se deixarem contagiar pelos ritmos quentes que tanto nos vão pôr a dançar, como nos vão derreter o coração.

#3 Father John Misty

Josh Tillman é um animal de palco e está de volta para continuar a promoção de I Love You, Honeybear, um dos álbuns que marcou 2015. A peculiar personagem que criou e que apelidou de Father John Misty é um cantor cáustico, pleno de humor inteligente e que marca pela irreverência. Devia ser obrigatório assistir a este concerto.

#2 Arcade Fire

Um concerto de Arcade Fire é uma aposta sempre ganha. É um espectáculo meticulosamente coreografado, cheio de luz e cor, onde poderemos ouvir canções que marcaram uma geração. O que podemos esperar? É uma incógnita, mas há coisas das quais podemos ter a certeza: saltaremos até ficarmos sem energia, cantaremos até ficarmos sem voz, sentiremos aquele arrepio de quem vê a sua alma ser remexida. Esta é uma de duas datas que a banda vai tocar este Verão na Europa, por isso podemos considerar-nos privilegiados.

#1 Radiohead

Voltar ao sítio onde todos fomos felizes a ver Radiohead na última vez que estiveram em Portugal. Com álbum novo na bagagem, seria de esperar que o aclamado A Moon Shaped Pool estivesse no centro das atenções. Mas, pelo contrário, esta tour tem trazido diversas surpresas, desde o regresso de Creep ao alinhamento, até uma verdadeira viagem por todo o trabalho da banda.

Recordamos que o NOS Alive regressa ao Passeio Marítimo de Algés nos dias 7,8 e 9 de Julho deste ano, para aquela que será a 10ª edição do festival, e que podem consultar todo o cartaz confirmado aqui.

Cláudia Filipe